Mercado Imobiliário, Tecnologia

Sotfware BIM 4D para Engenheiros e Arquitetos

Tendo em mãos o único Software BIM do mercado a operar em todas as dimensões, do 3D ao 7D.

Hoje o blog MIC tem como objetivo trazer os recursos da tecnologia 4D.

Como o MIC foi pensado

O software MIC foi desenvolvido com o intuito de trazer uma solução completa para engenheiros e arquitetos que desejam obter projetos mais realísticos e eficientes.

O MIC proporciona a viabilidade de projetos de construção, economia de tempo e dinheiro em obras, eficiência energética de edificações e o gerenciamento das instalações do empreendimento.

Quando Falamos de Tecnologia 4D temos como referencia as seguintes: atribuição,

  • Prazos a cada etapa da obra.
  • Melhor entendimento do cronograma.
  • Possibilita comparação em tempo real planejado x executado.
  • Melhores estratégicas logísticas de materiais de construção.

Mercado já se prepara para ser 100% Software BIM

A partir de 2021, será obrigatório o uso de Softwares BIM em projetos de construção civil.

A Building Solutions desenvolveu o MIC – Modelo Inteligente de Construção justamente para ajudar todos os profissionais que desejam se manter atualizados, relevantes e à frente do mercado e da concorrência.

Acreditamos que esta mudança no mercado será benéfica a todos, com projetos de construção sendo feitos com maior eficiência tanto para as empresas quanto para o meio ambiente.

Por conta das contantes mudanças da 4ª Revolução Industrial, é importante você se informar sobre todas as dimensões do BIM, que vão muito além da já conhecida 3D.

Se você deseja entrar em contato com a equipe da Building Solutions para tirar demais dúvidas sobre o MIC, clique aqui e preencha o formulário.

Nossa missão neste blog, é trazer todas as referencias da tecnologia BIM para você, a cada conteúdo uma nova tecnologia ou informação sobre este Software.

Aqui neste blog você fica sempre à frente do mercado com informações relevantes sobre a tecnologia.

Fique de olho para mais informações do mercado de construção civil.

Deixe uma resposta